Templates da Lua

domingo, 30 de dezembro de 2012

Vazio

Ando, caminho, para onde vou? Não sei, nunca soube. Posso até traçar um caminho, mas algumas rotas mudam, algumas coisas inesperadas acontecem, tanto boa quanto ruim, é um mistério, creio que nunca o resolverei, nem sei se quero resolvê-lo.

Um passo a frente, dois pra trás, 2 passos pra frente, um pra trás. Nisso minha vida se encontra num zigue-zague, cheio de idas e vindas.

O que sou hoje? Não sei dizer, mas posso afirmar que não sou aquela que fui ontem, nem mesmo aquela de há uma hora atrás, algo sempre muda, algo sempre se perde, mas parece que sempre se ganha também.

Dou passos, cai algo, mas não olho pra trás, me contento com o som de algo caindo no chão. Dou mais passos, ouço novamente esse som, mas continuo caminhando. Mais uma vez após mais alguns passos, ouço.
Chega um momento que não sinto mais que haja tanto peso sobre meus pés, que antes sentia. Olho pra mim e vejo um vazio, enorme, com isso, ao olhar pra trás vejo pedaços meus abandonados no trajeto que passei.

Vejo que fui me perdendo ao não prestar atenção em mim, pedaços de minha alma foram abandonados.

Agora faz sentido, já que alegria quase não sinto mais como antes, já que acreditar no que é bom não é mais a mesma coisa, já que o brilho diminuiu. Mas o coração continua batendo, bem forte umas horas, acho que quer compensar aquelas partes que perdi, trabalhando mais.

Será que volto para pegar o que perdi? Ou devo criar novas esperanças, novas alegrias, novos motivos para viver, novos motivos para continuar? Acho que voltar tudo que já percorri pode me atrasar em minha jornada, e se perdi foi porque não sofreram mudanças que acompanhassem as mudanças que a vida me colocou, não cabendo mais, ficando soltas, não conseguindo mais preencher a magnitude de tudo que ocorria.

É, devo criar algo novo, que me inspire, que não doa ao respirar. Que me incentive a viver, e a continuar vivendo.

Ainda quando o vento sopra, é possível ouvir o seu som ao passar por mim, ao passar pelo buraco onde eu ocupava, esse vento machuca ainda, me sinto incompleta, e , se esbarrar em algo e não puder com sua força e cair? Permaneço em falta comigo mesma por faltar partes de minha alma, mas devo me restaurar. Como viver se parte de mim que me ajuda a continuar esta ausente? É, chegou a hora, de se reinventar, costurar, expandir. Hora de deixar a força das batidas de meu coração ocuparem as partes em falta, permitir que a luz que há dentro dele preencha o vazio que eu mesma criei, mas que eu mesma posso desfazer.

Sei que ainda terei trabalho pra me reinventar, me recolorir, repintar,recriar, mas eu ainda existo, ainda respiro, ainda vivo, ainda valho a pena.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Pequena homenagem

Por que na nossa vida pessoas incríveis aparecem? E o mais incrível, permanecem. Só sei que algumas pessoas diriam que é o acaso que determina isso, mas eu diria que acaso não existe, já que acredito que para tudo existe um motivo, mesmo que na maioria das vezes não saiba qual.
Fico em dúvida na maioria dos casos em como agradecer, ou mesmo fazer com que a pessoa que deixou sua marca na minha vida veja o quanto a considero, ou , ás vezes no quanto a amo. Pois,pra mim, por mais que eu diga: Eu te amo. Parece que não é o suficiente, pois a intensidade do sentimento que é o amor não consegue estar contido somente nestas palavras, lógico que elas tem grande significado, e quero continuar dizendo-as, mas, quero demonstrar, seja em gestos, olhares, abraços, conversas, conselhos, momentos em silêncio, tudo que possa mostrar para quem amo que estou sempre do lado delas, não importa o que aconteça
Sei que alguns podem achar isso clichê, mas quer saber... podem achar o que quiserem, só quero expressar por meio desta postagem o quanto sou grata àqueles que tornam minha vida mais alegre, com mais cor, dando cada vez mais motivos para ser feliz. Podem existir também os momentos ruins, mas sabe, faz parte mesmo, se tudo fosse flores, não conseguiríamos distinguir a fragrância singular de cada uma.
Uma coisa que achei sincera foi uma frase do Renato Russo, em que diz:è preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque se você parar para pensar, na verdade não há.

Se formos ver, o que garante que o amanhã virá? A gente nunca sabe no momento, tanto que se o sol acabasse, só descobriríamos isso após 8 minutos, e se esses minutos já estivessem passando? Por isso e por outros motivos sempre quero fazer com que as pessoas especias da minha vida saibam o que significam para mim, e até quando puder ajudá-las a se enxergarem melhor, tendo a noção do quanto além de serem especias pra mim, serem para elas mesmas. Uma coisa que quero em minha profissão é ajudar as pessoas a se amarem, com isso elas podem melhorar e muito suas vidas. Lógico que ninguém é tão alguém que não precise de ninguém, mas é saber dosar quando precisamos de ajuda e quando dependemos de ajuda.
E uma frase que a Martha Medeiros disse na qual me identifiquei, e dedico ás pessoas que amo, não preciso citar nomes, quem amo simplesmente sabem:Relacionamentos de uma "Vida inteira" te ensinam lições para a vida inteira: coisas que você deve construir para ter uma fundação emocional sólida. Sua tarefa é aceitar a lição, amar a pessoa, e colocar o que você aprendeu em uso em todos os outros relacionamentos e áreas da sua vida.É dito que o amor é cego, mas a amizade é clarividente. obrigada por fazer parte da minha vida.

sábado, 10 de novembro de 2012


Lágrimas caem, tristeza não sai.
Rios se formam ao longo do percurso
Vida sempre em movimento, não para
Não pode parar
Se parar...
Não será mais viva a vida
Ausências se fazem presentes
O que fazer?
Chorar, gritar, ficar quieta?
Já sei: aguentar
Doi ,mas uma hora passa
Dentro há uma confusão
Fora há solidão, tudo continua,mesmo quando você pára.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Busca

Procure me de noite, que brilharei em forma de lua, acompanhada por estrelas.
Procure me de dia, que iluminarei em formato de sol
Procure me no mar e estarei em cada gota
Procure me na terra e me achará nos grãos
Procure me na floresta e me encontrará no verde
Procure me nas pessoas e me expressarei em simples gestos
Procure me nos animais e estarei na experiência do momento, agora
Procure me nas flores sob seus perfumes
Procure me em você, e me sentirá pulsando, vivo
Procure me em seu coração e lá estarei, o amor.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Encontros

  Encontrei-te, viu, disse que te acharia, e que passaria a viver assim. É, te encontrei sim. Mas por que me sinto presa em alguns instantes? Minha culpa que me condena e me joga numa cela, engole a chave. Permiti isso umas horas, não te aceito mais aqui, mas sim a viver com você, você que tanto procurei, tanto busquei nas coisas, nas pessoas, através do tempo. 

  Pensou que nunca te encontraria, não é? Agora tenho asas também, parei de cortá-las. E com isso finalmente te encontrei, Liberdade. Não sei se estava pronta para isso, ou se estarei um dia, mas estou disposta a tentar. Ainda caio do céu direto ao chão, não aprendi a usar direito minhas asas, pois me acostumei a cortá-las durante toda minha vida, perante os olhos dos outros, até pelos meus. Acho que me aproveitei de você além do que podia no momento, pois encostei no sol e me queimei, me permiti ser queimada.
  Agora convivo com as dores vermelhas, mas já estão se curando, ainda mais quando lembro do quanto sou capaz de alcançar, já alcancei o céu, agora o céu não é mais um limite, nem mesmo além, pois o meu maior limite convive comigo dia após dia, me fazendo travar uma batalha interna, da qual eu escolho qual lado lutar. 

   A lua me guia com sua luz, pois em meio ao caos, á escuridão, sua luz sempre se faz presente, às vezes na forma de uma bola, em outras em sorrisos. Minha resposta para ela sempre será um sorriso de volta, pois com o sorriso intensifico meu brilho, já que uma estrela sou, não queimo, só ilumino.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Acho que a verdadeira questão não seria ter medo de sofrer, mas sim de não poder mais sentir alegria por qualquer coisa que seja.
Complicamos muito as coisas, por que não aceitamos simplesmente a simplicidade das coisas? Talvez fomos condicionados a fazer isso, não aproveitar as coisas em seu momento certo, se sufocar pela ansiedade do futuro, e se torturar pelos erros do passado. Mas será que chegaríamos a sermos as pessoas que somos hoje sem termos cometido erro algum? Duvido muito disso. Sabe, não sou perfeita, não sei se quero mesmo ser, pois as coisas talvez possam seguir um padrão, não havendo mais aqueles momentos especiais, que só existem graças aos momentos não tão especiais. Se eu for ser perfeita em alguma coisa, eu quero ser perfeita em ser quem eu sou, sem máscaras, sem me deixar reprimir pelos outros e por mim.

sábado, 5 de maio de 2012

Esquecimento


Esqueci, por um segundo que pode ter virado horas, horas que se tornaram dias, será que se transformou em meses?

O que resta quando esqueço quem sou? Quem ocupa meu lugar? Paro de agir naturalmente, passo a agir automaticamente, meu corpo presente, minha alma ausente. Nesses momentos não sou verdadeira comigo, por que insisto no esquecimento? Algo é tão ruim em mim que me faz não querer ver a verdade que vive em mim? Tantas perguntas, tantas dúvidas, não sei se estou inteira, ou se estou em pedaços que foram juntados ao longo do tempo e com isso peças do meu quebra-cabeça se perderam, sinto as cicatrizes.

Preciso ver, preciso achar, preciso relembrar quem sou. Vou me redescobrir, está em mim, sei disso, meu cérebro pode esquecer, mas o mar que tem dentro de mim ajuda meu coração a continuar bater constantemente, contendo a lembrança de tudo, da minha verdade. Não quero estar viva só fisicamente, mas totalmente.

Machuca olhar pra trás quando não me sinto forte, superar é uma coisa, se torturar por qualquer coisa que seja não é certo pra a pessoa linda que existe em mim, quero ser minha própria amiga, agir como eu agiria com meu melhor amigo, mas em relação a mim. Me ouvir, me compreender, estar do meu lado.

Aos poucos vou me redescobrindo, preciso parar de reclamar, estar mais comigo. Cercada ou não de pessoas e estar comigo. Brincar, não forçar, querer viver, querer ser quem eu sou. Pois eu sou o que sou.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Flores


Pegue uma lágrima, a ilumine, e você vê a mistura belíssima de cores que isso provoca. Mostra que até na tristeza que resulta numa lágrima, a beleza da vida se faz presente, revelando que mesmo num choro existe ainda alegria, é só mudar a lente que você usa para enxergar o mundo, se é objetiva ou subjetiva.

Até ao nos sentirmos fracos, não é que realmente somos, mas que as emoções são os que nos fazem humanos, e enfrentar não é fácil, portanto, por mais que doa, vai passar, e você vai renascer mais forte ainda do que quando você caiu, e acreditou que não levantaria mais.

Somos vasos de flores, e nós que escolhemos que flores enfeitar nosso vaso. Quais que trarão mais cor, mais perfume, mais visitantes, mais vida. Infelizmente confundimos as flores com as ervas daninhas, mas acabamos percebendo no final. Se sentir que faltam flores, ache as que combinam mais com você e se complete, sem pegar as flores de outros vasos, pois cada um é um, cada um tem sua beleza singular. Não tenha medo das flores que sentir que combinam mais com você, pois você é você, nem seu próprio clone poderia ser igual a você.
Mesmo que seu vaso não for apreciado por qualquer pessoa que seja, valorize quem te dá o devido valor, pois quem te der estará com o coração aberto às coisas lindas e únicas.
E mesmo que você sinta que não encontrou todas as flores que sente que precisa não se preocupe, a vida lhe mostrará a hora certa de plantar e colher, não tenha pressa, o tempo é relativo para cada um, então aproveite ele ao máximo que puder que este seja eterno enquanto dura na hora, e que seja eterno na memória do coração.

Tenho lindos vasos em minha vida que deixam minha vida mais colorida, agradeço de coração às flores que colorem meus dias, a pintura de minha vida.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Pensamentos


O que é um grão de areia? Senão a parte de um todo? A areia seria menos grandiosa se um pequeno grão sumisse? E se a diferença entre se manter firme ou não depende somente desta pequena parte de matéria?

Todos são importantes, e os meios não justificam os fins, ainda mais se os meios sangrarem.

Há sempre uma esperança reluzindo, por mais que a gente tenha que olhar mais profundamente, esta estará lá. Quando alguém lhe disser que não há esperança, que não há nada a fazer, simplesmente não acredite. Existem tantos milagres nesta vida. Diariamente se prestarmos atenção devida a isso. Mesmo que você não aprecie o valor que um amanhecer possui, o sol nascerá mais uma vez amanha.

A sua vida, seu coração pulsante, amigos, família tudo isso se resume numa palavra: milagre. Também há os pequenos milagres que sempre nos acompanham como pensar em alguém e este alguém em seguida lhe ligar, ou mandar mensagem. Hoje presenciei um pequeno milagre, mandei uma mensagem para um amigo que me mandou uma na mesma hora, e é esse tipo de coisa que devíamos colocar mais alegria, nos simples gestos. Pois por mais pequenos que eles possam parecer carregam na essência grande significado.
Posso, de acordo com alguns, ter a opinião de uma romântica fantasiosa, mas lhes pergunto: O que é o otimismo e a imaginação senão um início de uma mudança? Muitos inventores famosos já foram questionados e desacreditados, só porque viam além do mundo que estavam.
Não tenham medo de acreditar só porque podem correr o risco de cair alguma hora, não foi assim que você aprendeu a andar? Mas sua persistência se mostra presente, e deve ser valorizada. Fiquem com a mente aberta, nunca se sabe que maravilhas poderão vir no futuro, ou mesmo já estejam vindo.

sábado, 7 de abril de 2012

Mudança

Mudança.
Caminho com destino embaçado.
Se formos ver, sempre que começamos a trilhar um caminho diferente do que estamos acostumados iniciamos perdidos, nos encontrando somente numa parte da jornada, isso se estivermos dispostos á isso, e a não lutar mais contra o que acontecer, que é como seguir o curso do rio, em seus vários trajetos, tendo curvas, pedras embaixo, ou mesmo surpresas que só nadando junto com ele que se torna possível a descoberta.
Perdida ainda me sinto. Tem horas que luto contra as águas, me machucando no processo, e me afastando das coisas incríveis que possam acontecer se eu simplesmente deixar de tentar controlar cada aspecto de minha vida, pois nem sempre o que quero é o que realmente preciso.
Ao lutar, contribuo pro crescimento do volume do rio com minhas lágrimas que caem de meus olhos, uma forma de resistência, ou até mesmo de desabafo.
Ainda estou no começo desta minha nova aventura, sei que na hora certa, quando estiver pronta, eu aceitarei o lugar onde passo a trilhar meus pés, e estou lutando pra isso acontecer, sei que vai acontecer. Afinal é meu futuro que me aguarda, se formando no presente.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Esperança enfim triunfa, amor prevalece, alegria reaviva, e faz querer viver, pra ver de novo o amanhecer de um novo dia, pôr do sol de uma melodia. Felicidade em volta, em cada canta de luz, cada traço de um sorriso,curva mais bonita de nosso corpo, e gesto singelo capaz de salvar pessoas que ainda buscam um motivo pra sorrir.Erga, levante, grite uhullllllllllllllllllllllllllll, você ´você, olha que incrível!!! Ninguem pode te copiar,nem mesmo seu clone, você é única, presente,anjo,amigo,cor. Isso ai muleskkkk

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

A ausência da rosa, a ardência da hóstia na boca, a dor do
impacto, angústia incrustada no peito. Tudo leva e releva ao mesmo ponto, ponto
de partida, ponto inicial, onde tudo começou aonde de tudo ainda veio, e de
onde tudo ainda corria, a ilusão, ou esperança.
Esperança cega, baseada em mentiras, não se chama esperança, é a dor que guardamos, enterramos dentro, á espera de qualquer gesto que a reaviva, ilusão da visão, ilusão do coração, ou
ilusão pelo apego ao que achamos que devia ser? Apego, passado sentido no
presente, emoções em turbilhão, qual minha salvação? Perdão. É fácil? Você que
escolhe. Mas parece ser tão difícil, ainda mais quando todos seus pensamentos e
sentimentos antes diziam o algo, mas na hora você simplesmente escolheu não
ligar, então se desligou, não só das suas convicções anteriores, como do seu
coração, que chorava em silêncio, como da sua alma, pedindo pra se dar valor.

Mas não, você não podia ouvir no momento, foi na onda, cujo o pequeno braço do
mar te levou ás rochas. Sair em pedaços, catando cada grão em cada parte do seu
ser, pois até o menor grão pode causar um nó, até o bater das asas da borboleta
é capaz de provocar um tufão.
Fique ON, OFF te deixa mal, mas só agora é que
vejo isso? Não, mas é a hora que escolho ver isso. Se preocupar com tudo,
reflexo daquele que em tudo quer e deseja controlar, e quer manter, e quer
mudar. Mas a vida não pode ser dirigida pelos nossos controle remotos mentais,
não. É como uma correnteza, algumas curvas se mostram tranquilas e lentas, mas
umas travessias se provam ser reduto de grandes rochas presas em seu solo
abaixo, capazes de afundar mentes frágeis, quebrar pensamentos de vidro.

Fundo do poço, pode ser até bem fundo, mas se estivermos tão
enterrados dentro de nós mesmos, somos capazes de até cavar um buraco mais fundo,
pois não se acha digno de tanta luz, seus olhos ardem ao leve calor da luz,
repulsão á isso.
 Por que não simplesmente joga tudo pro alto, pedindo que alguém
lhe ajude, lhe dê a mão? É tanto orgulho que nos faz cegos, surdos e mudos, nos
fazendo não sentir ser parte de algo, não encaixar no imenso quebra-cabeça do
universo. Sou uma peça com um defeito? Partes de mim se perderam enquanto
tentava achar um lugar que pudesse me sentir bem? Sou fragmentos colados, experiências
conjuntas, lágrimas que viraram rios, opacas.

Não, não pode ser, o que tenho que fazer? Fechar meus braços
impedindo abraços? Abrir meus olhos e tentar se acostumar com a luz, e se
aquecer ao seu recanto de paz?

O que é mais fácil? O que é? O que se torna mais fácil ao
longo do tempo? O que permanece? Com qual escolha poderei ter a coragem de me
olhar no espelho? De me olhar, de ver meus braços, pernas, tronco, o que me
define? O que me define é o que penso ou o que faço? Por que não os dois? Por
que não uni-los? Por que rejeito um deles?

Sou o que sou, fiz o que fiz, mas por que dói tanto? Por que
arde cada resquício de mim? Não basta ser, tem que se ouvir, que se
compreender, faça isso, por que não faz? O que quer de verdade? Um momento ao
invés do resto da sua vida? Pelo menos você pode dizer se este momento valeu
cada segundo que durou? Ou ele agora se torna seus devaneios, seus momentos de
desespero, de se quebrar em si mesmo?
 Errar, até que ponto ajuda? Errar pra depois acertar sempre ajuda, ainda mais quando não sabemos o melhor jeito de fazer o certo, mas descobrindo o que não fazer. Mas errar, e errar? Você se
torna alguém que não se sente mais vivo, que não quer mais lutar, pois se
submete á isso, mas á troco de que? O que é bom nisso que te faz continuar? É
bom o bastante quando se sente pequeno, quando se sente que não há mais volta.

Quando se afunda tanto no escuro, e tem vergonha de ir á luz, por não ter
permitido isso entrar antes. Mesmo sem a volta, mesmo sem ter a maquina do
tempo, temos o presente, e com ele podemos começar de novo. Temos sempre essa
escolha. Agora é com você, o que escolhe pra sua vida? O que escreverá no seu
livro da vida. Espero de coração que ouça também seu próprio coração, por mais
difícil que seja, com ele você tem a certeza de que poderá ser alegre em vários
momentos, e ser forte nos momentos que precisar.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Saudades...

Saudades
Sentimento tão presente em nossas vidas. Capaz de derramar
lágrimas de tristeza na hora do adeus, e de alegria na hora do reencontro. Mostra também o
valor que há naqueles que ficam á quilômetros de distância. É uma das
consequências que as mudanças trazem, pois chega a hora em que cada um precisa
seguir seu caminho, começar um novo começo. Alcançar novos horizontes, se
adentrar no maior universo que existe, o que se encontra dentro de nós.
Mas nem mesmo a distância é capaz de diminuir o sentimento
verdadeiro que pode existir num amor, num amigo, na família. É algo que a
distância não possui o poder de apagar, e que acende ainda mais a chama dentro
das pessoas que tem saudade dentro do coração.
É considerado um tempero na hora do reencontro, pois o
momento que você puser seus olhos sobre essa pessoa especial, te fará ver que a
espera e o esforço de vê-la, fez tudo valer a pena. Agora horas são capazes de
se transformar em minutos, e minutos em segundos, pois cada pedaço de tempo vai
ter um valor diferente, pois você vai querer aproveitar o mais ínfimo espaço
que existe entre os segundos. E na hora do até logo, todo o momento atrás que
foi aproveitado no presente, irá se eternizar na memória do coração, se
transformando em mais um estímulo pra poder ver a vida de um modo diferente, um
modo mais feliz, mais completo, um motivo a mais pra amanhecer, pois pessoas
especiais em nossa vida dão motivos a mais pro sol levantar e tornar a vida
mais iluminada, pois cada pessoa possui
uma luz dentro delas, e dá vontade para o sol compartilhar sua luz
junto, tornando o mundo mais brilhante. Isso mostra que todos somos estrelas na
vida de alguém, até mesmo de nós mesmos. Pois existem aqueles que nos ajudam a
encontrar o caminho pra casa, outros nos ajudam a ver o caminho que estamos
trilhando, e outras nos iluminam, fazendo com que a gente veja também o poder
do nosso brilho interno. Não precisam de ajuda pra brilhar, pois estrelas
brilham por serem quem elas são, mas quando estrelas se unem, o brilho é capaz
de dissipar toda escuridão que existia quando não havia luz ocupando o espaço.
Saudade existe quando o passado valeu a pena, e o presente é
recheado de aprendizado e alegria por ter alguém que colore ainda mais nossa
vida, e o futuro é uma promessa de várias aventuras e momentos com esta pessoa, isso nos faz sentir que
solidão não existe de verdade, pois temos nós mesmos, mas quando temos alguém em quem compartilhar nossos pensamentos
e sentimentos faz com que a capacidade de nossa luz interna aumente cada vez
mais.
Agradeço á todos as estrelas que existem em minha vida, ao
lerem isso espero que tenham se identificado, pois dedico este texto aqueles
que amo, que sinto que sentirei muita falta, ainda mais nessa nova jornada de
vida que se inicia. Do fundo do meu coração ,eu amo vocês: Eragon,estrela da
sorte,pucca, Mamis,Dad, Dih.